21 de jun de 2007

Barker

"Então sua concentração enfraqueceu, e ela viu o mundo invisível tornar-se visível, com Simon dependurado no ar, enquanto os mortos escreviam em seu corpo por todos os lados, arrancando punhados de cabelos da sua cabeça e do seu corpo para conseguir mais espaço na página, escrevendo nas axilas, nas pálpebras, nos órgãos genitais, no rego entre as nádegas e nas solas dos pés.
Escreveram sobre ele; tatuaram seus verdadeiros testamentos sobre sua pele para que McNeal nunca mais encarasse a tristeza em vão. Transformavam seu corpo num livro, um livro de sangue, cada centímetro minuciosamente entalhado com suas histórias.
As histórias seguem, dissera o garoto. Sangram e sangram.
Nas páginas seguintes estão as histórias escritas no livro de sangue. Leia-as, se quiser, e aprenda.
É melhor estar preparado para o pior, afinal. Além disso, é prudente aprender a andar antes que a respiração termine."

Aonde está você agora além de aqui dentro de mim?

Todos os dias antes de dormir, eu lembro e esqueço como foi o dia, lembro das tardes que passamos juntos na UFES e agora o que sinto não sei dizer!
Até hoje achava que a solidão é que me caía bem, mas você veio e me mostrou que nós temos todo o tempo do mundo! Mesmo assim ainda estou confusa, só que agora é diferente, agora já não sei dizer o que aconteceu, se tudo que sonhei foi só um sonho meu!
Quando eu te encontrei, só queria alguém com quem conversar, mas de uns tempos pra cá, meio sem querer alguma coisa aconteceu!
E depois disso, quem um dia irá dizer que não existe razão nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer que existe razão?
E é só você que provoca essa saudade vazia, quando me lembro de você em dias assim, dias de chuva! E lembro das tardes em que passamos nas pedras, onde você me dizia - olhe nos meus olhos - e eu dizia - eu gosto de você também!
Agora ninguém mais vai me dizer o que sentir, você é parte do que me faz forte e pra ser sincera muito feliz!
Você me toca como se fosse quebrar, parece me despir com os olhos! E eu disfarço e digo - não me olha assim, eu sou parte de você também!
Tudo pode estar estranho agora, mas nada vai conseguir mudar o que ficou, quando penso em alguém, só penso em você! E aí então você se torna aquele com o qual a vida faz sentido! Momento que se tornou eternidade quando um beijo aconteceu!

Renata

Tira as madeixas de trás das orelhas
Faz charme quando cai sobre sua face
Digo pra criança: solta os cabelos!
Mas persistem sob o lóbulo, num impasse.

No jogo da sedução é honestamente
Eficaz, na aposta, porém, roubar-me
(é ênclise) foi capaz. Mas tão somente
cumprirei o trato por muito lhe prezar.

Anda com o charme da flor da idade
E tem cheiro de Capricho campestre
Vejo, sinto, pressinto maldade.

Amizade matizada, celeste,
Que à noite é estrelada de saudade
E na aurora ilumina o meu leste.